O Rei do Faroeste e Um Grilo no Trânsito

Mancha Negra contra Mickey e Pateta, publicada na revista Tio Patinhas 102, de 1974.

O interessante aqui é o vislumbre da árvore genealógica do Mancha, composta por uma linhagem de bandidos sorrateiros, grandes ladrões de jóias, e que remonta a 200 anos no passado.

É na tentativa de se igualar a seus antepassados em feitos malignos que nosso vilão se envolve mais uma vez com os heróis.

Trata-se de uma história policial bastante tradicional, mas com umas pitadas interessantes, como uma espécie de “sexto sentido” do Mickey, que o faz sentir algo estranho quando o Mancha está por perto, e um Pateta um pouco mais “pateta” que o costumeiro.

Na mesma revista há outra história de papai, na qual o Grilo Falante resolve dar uns conselhos sobre direção ao Peninha, mas não consegue evitar a bagunça.

O fato é que nesta história ninguém dirige bem, do Peninha ao grilo Falante, passando pelo gato Ronron, que acaba ficando no comando da motocicleta do Peninha e acaba preso por dirigir sem carteira de motorista.

Não deixa de ser uma ideia original, para contrastar com o formato tradicional da outra história.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s