O Monstrengo

Publicada pela primeira vez em 1973, como parte da segunda revista das três que lançaram o Morcego Vermelho.

Um herói precisa de vilões para enfrentar, e um herói divertido como o Morcego certamente tem vilões à sua altura.

O “inofensivo e pacato Dr. Zung” é um mirrado estudioso das traças que vive cercado por elas. Ele sofre de uma incontrolável fome por um único alimento, o bolo de chocolate, e para saciar essa fome cria uma poção que o transforma no “terrível e sinistro Monstrengo”. O problema é que a poção não mata a fome, mas pelo menos dá a ele a força necessária para sair por aí roubando docerias.

E essa transformação é também a “arma” do Dr. Zung para evitar ser preso: depois de passado o efeito da poção, ninguém acredita que aquele tampinha de aparência frágil e o enorme e invulnerável Monstrengo sejam a mesma pessoa.

Quanto ao que faz com que esta história seja engraçada, todos os elementos clássicos de uma história do Morcego se aplicam, desde os pulos errados, até acidentes de todos os tipos. Quanto mais o Morcego se acidenta, mais a gente ri.

As placas e outros elementos que não são, exatamente, parte da trama também adicionam ao humor. A mais engraçada é certamente a placa que está na frente da casa mal assombrada até onde o Morcego vai à procura do Monstrengo:

MOV placa

O Monstrengo também parece ter uma resposta para cada equipamento do Morcego: corre mais do que o pula pula Morcego, e contra a motocicleta Morcego tem um velocíssimo velocípede monstro.

MOV velocipede

Engraçada também é a empáfia do Monstrengo que, por ser invulnerável (as balas dos tiros dos policiais só lhe fazem cócegas) e muito forte, se dá ao luxo de literalmente sapatear sobre o Morcego Vermelho.

MOV Monstrengo

Mas é claro que esse vilão também tem um ponto fraco, e por causa dele é preso no final, pelo próprio Morcego Vermelho, ainda por cima, que finalmente dá uma dentro e o laça com a corda Morcego.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s