A Volta Do Monstrengo

Não postei nada ontem, porque não estava me sentindo lá muito bem, mas hoje faço questão de compensar.

No mesmo Almanaque Disney 75, de 1977, temos também esta história, do Morcego Vermelho contra o Monstrengo.

Como já sabemos, o Monstrengo é ninguém menos que o Dr. Zung, o diminuto estudioso das traças, que criou em seu laboratório uma poção para ajudá-lo a lidar com a imensa fome de bolos de chocolate que ele sente. A poção não lhe tira a fome, mas dá a ele a coragem e a força necessárias para sair por Patópolis roubando docerias.

Todas as piadas e situações características dos personagens são usadas, desde o Dr. Zung usando o fato que a poção perdeu o efeito para escapar à prisão, até os pulos errados do Morcego e suas consequências imprevisíveis.

 MOV Zung

Também desta vez o Morcego Vermelho toma da poção por acidente e se alia ao Monstrengo, dominado ele mesmo por uma incontrolável fome de bolos de chocolate.

MOV Monstrengo1

Interessante é o uso de um “triplo adjetivo”, para caracterizar a tudo que é relacionado ao monstro como “terrível, horrível e pavoroso”: o monstro é terrível, horrível e pavoroso aos olhos do povo da cidade e também aos seus próprios. A fome de bolos de chocolate também é terrível, horrível e pavorosa. Ao todo, essa expressão é repetida umas 10 vezes ao longo da história.

MOV HTP

Outra coisa engraçada é a a atitude totalmente debochada do Monstrengo para com o Morcego Vermelho. Até o bordão do nosso herói ele rouba.

Monstrengo para

Monstrengo tremei

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s