Viagem À Quarta Dimensão

História do Esqualidus, de 1977.

Reza a lenda que, em sua infância, o apelido de papai na escola era justamente “Esqualidus”. E ele dizia também que não se importava nem um pouco com isso, muito pelo contrário. Adorou ser identificado com um personagem dos quadrinhos.

Quanto à história em si, tudo gira em torno de teorias sobre a existência de outras dimensões além da nossa. (Lembrando que estamos na Terceira Dimensão, onde tudo se mede em termos de altura, largura e profundidade).

Sem entrar no mérito dos rigores da teoria da Quarta Dimensão de acordo com as leis da física, papai prefere explorar aqui a noção de “Quarta Dimensão” como sinônimo de “algo estranho e misterioso”, mais presente na arte do início do século XX, e muito certamente nos livros e quadrinhos de ficção científica que ele lia quando criança.

No nosso caso, a teoria de papai é que a dimensão misteriosa está “embutida” na nossa, mas invisível. Esta seria a dimensão dos “seres elementais” e demais figuras mitológicas. Para ele, a existência desses seres misteriosos entre nós seria uma explicação para o fato de que, às vezes, objetos pessoais somem ou se quebram sem motivo aparente.

Quarta dimensao

(Interessante como a história em si é bem mais divertida que a explicação, não é mesmo?)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s