Zé Crusoé

Esta história de 1977 é muito livremente inspirada na história de Robinson Crusoé, o romance de Daniel Defoe de 1719.

Alguns dos detalhes originais estão certamente presentes, como o naufrágio, a ilhota deserta, as roupas improvisadas com materiais encontrados no local, tentativas de fazer fogo e outros clichês do gênero. Aliás, o próprio Zé Carioca menciona “o filme que ele viu” para o Nestor em vários momentos durante a história.

A aventura tem até momentos de suspense, quando nossos heróis percebem que não estão sozinhos na ilha. Para dois pássaros do morro carioca, a “natureza selvagem” da ilhota é certamente assustadora. Mas é claro que, tendo saído da costa num pequeno bote construído pelo próprio Zé (chamado, aliás, de “Zé I”), eles não podem estar assim tão longe, e são logo encontrados.

O detalhe curioso desta história fica por conta da cena de “nudez” dos nossos heróis entre as pedras da praia.

ZC Nu

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s