O Grande Roubo Do Trem

Esta história dos Irmãos Metralha de 1975 é inspirada em eventos históricos como o famigerado assalto ao trem pagador, que aconteceu na Inglaterra em 1963, e no filme (mudo e em P&B) norte americano chamado “The Great Train Robbery”, de 1903.

O filme, aliás, tem apenas 12 minutos de duração, é um marco na história do cinema e pode ser visto na própria página da Wikipédia sobre ele. Esse filme já era uma perfeita antiguidade quando papai o viu pela primeira vez, certamente nos anos 1940, em alguma sala de cinema no interior do estado de São Paulo. Eu fico imaginando a diversão da criançada, já que o filme pretende ser sério, mas acaba sendo engraçado pela própria precariedade (e ousadia, diga-se de passagem) técnica.

Aqui temos a quadrilha Metralha, completa com o Vovô, a Titia, o Primo Cientista e o Azarado 1313, planejando o assalto a um trem de propriedade do Tio Patinhas, que leva toda semana uma carga misteriosa às minas de chumbo do… Tio Patinhas.

O problema dos assaltantes nem é tanto o planejamento, mas a execução do plano, que é cheia de falhas e esquecimentos. E de qualquer maneira, a mera presença do 1313 na história já indica que o plano vai dar espetacularmente errado, apesar de o Azarado só aparecer nas duas primeiras e na última página.

Mas a verdade é que o tema do assalto é só um pretexto de papai para colocar os Metralhas em todo tipo de encrenca, acidente e confusão. Maltratar esse bando de malvados incompetentes era, para ele, uma perfeita alegria.

metr trem