Um Gosto E Três Cruzeiros

Esta história de 1979 volta ao tempo em que o Tio Patinhas era apenas um patinho engraxate, e a inspiração para ela veio a papai de uma HQ norte americana do pato.

Para ganhar mais dinheiro, o jovem Patinhas inventa um novo e engenhoso método de engraxar sapatos que rende a ele mais moedas pelo mesmo trabalho. Mas é claro que todo trabalho honesto atrai inveja, e ladrões. Neste caso um jovem Metralha, que anos mais tarde viria a ser o Vovô Metralha, resolve atacar.

A história é um bom exemplo de finanças aplicadas a crianças trabalhadoras, uma triste realidade que até algum tempo atrás era vista como normal, e que ainda hoje existe, apesar de tudo: há o bully, o valentão do bairro, que rouba o dinheiro dos meninos na rua, e talvez até na fila da cantina da escola, por exemplo. E há o preconceito dos adultos, que não acreditam que um menino tão novo vá ter a disciplina de manter uma caderneta de poupança por muito tempo.

TP3moedas

A todos o futuro Tio Patinhas vence e convence com sua esperteza, esforço e capacidade de trabalho, no melhor estilo das histórias de Carl Barks, por exemplo.

Nota para a “participação” da moedinha número um, que realmente parece dar muita sorte ao jovem Patinhas desde o início de sua vida.

E a curiosidade é a caricatura de papai no último quadrinho, se aproximando ao volante de um carro antigo.

Saidcarro