A Ilha Da Bruxaria

Esta história de 1982 é uma brincadeira com um antigo programa de TV que foi bastante popular naquela época.

Rork e tatuzinho

Tio Patinhas, Donald, e os sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho vão passar uns dias numa ilha onde um maluco se propõe a realizar os sonhos dos hóspedes. O problema, como na série de TV, começa quando os sonhos dos diversos grupos de turistas presentes são conflitantes.

E neste caso, as outras turistas são a Maga Patalójika e a Madame Min. Enquanto o Patinhas “apenas” quer férias gratuitas, a Maga quer, é claro, a moedinha número um.

História de bruxaria é aquela coisa: raios mágicos voam para todos os lados, palavras mágicas são proferidas, e absolutamente tudo pode acontecer, aparecer e desaparecer, sem muito comprometimento do argumentista com alguma realidade.

O lado bom é que a confusão e a correria são tão grandes, que o leitor não consegue parar de rir.

Mas há algum método nesse caos todo, principalmente no que diz respeito ao hábito da Madame Min de soletrar uma palavra mágica de trás para frente, para desfazer um feitiço.

Min palavra 1    Min palavra 2