Qual É A Bronka?

História do 00-ZÉro publicada pela primeira vez em 1975.

No ramo da espionagem e dos agentes secretos nada é o que parece ser, às vezes até demais. A azeitona é um transmissor, o cachimbo também (mas está sem pilhas), o Agente Bigode agora trabalha para o Grande Bronka, o 00-6 agora é sub-chefe (ou será o Grande Bronka disfarçado?), o revólver dos bandidos também é um transmissor, e os nossos heróis quase conseguem solucionar o mistério, mas só quase.

Isso tudo, é claro, são clichês retirados das histórias de espionagem mais famosas do cinema, de 00-7 a Missão Impossível, incluindo o esconderijo que será destruído “em cinco segundos”.

00zéro bum

Nota para as cenas de briga que se repetem, compostas apenas pelos balões com a gritaria e as onomatopeias:

00zéro briga1  00zéro briga2  00zéro briga3

Outra coisa interessante é a loja de artigos para agentes secretos, inventada por papai muitos anos antes da recém aberta loja de artigos para super heróis, em Nova Iorque. (“Vilões, tremei” indeed. 😉 Aposto que esse redator da Revista Galileu é fã de um certo Morcego, e não estou falando do Batman…)

00zéro loja

E nota 10, é claro, para a Pata Hari, uma das poucas personagens femininas da Disney que parte pra briga sem descer do salto, bate, se descabela toda, sem frescura e de igual para igual com o seu parceiro de aventuras.

00zéro Pata Hari

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s