O Pássaro Não Identificado

História dos Escoteiros Mirins, publicada pela primeira vez m 1978.

É duro ser “apenas” os melhores escoteiros mirins da cidade. Huguinho, Zezinho e Luisinho estão cientes da responsabilidade, mas o entusiasmo da juventude não deixa que eles sucumbam sob o seu peso. Mas isso não quer dizer que outras pessoas não se sintam incomodadas.

Esta história segue a linha clássica do tema “Pato Donald contra os escoteiros”, já que o tio lá no fundo – por ciúmes, inveja ou despeito – parece pensar que essa coisa de escotismo é perda de tempo, e que ele, mero pato, pode ser mais esperto do que seus altamente treinados sobrinhos.

Como em outras histórias do mesmo tema e gênero, nacionais e estrangeiras de vários outros argumentistas, a trama gira em torno da tentativa de sabotagem de uma missão dos meninos pelo Donald. Desta vez é uma competição de identificação de pássaros, na qual o pato “planta” uma pista falsa para confundir os meninos.

E confusos eles ficam, até que descobrem um gravador entre as folhagens e desmascaram o tio.

gravador

Mas o mais importante de tudo é que, na tentativa de atrapalhar, o Donald acaba ajudando os sobrinhos a avistar mais pássaros, e mais raros, e a vencer a competição mais uma vez. Assim como o crime, a deslealdade esportiva também não compensa, definitivamente.

quaquapuru   alegorico

E não, nem todas as histórias de um gênio precisam ser geniais. Basta que sejam inspiradas, “bem costuradas” e fiéis ao gênero no qual se inserem. Nós estamos, afinal de contas, falando de quadrinhos comerciais, e aqui, como em outras áreas, muitas vezes menos é mais.

E venham ver o meu livro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s