A Escola De Detetives

História do Zé Carioca, de 1975.

É aquela coisa: quando a situação aperta, o Zé abre uma “escola”. Não importa se nem ele sabe direito o que está ensinando, o importante é tentar descolar uns trocados. O problema é que isso não é exatamente uma coisa honesta de se fazer, e por isso o plano não vai poder dar certo, de modo algum.

E como sempre no caso das escolas do Zé, sejam de detetives ou de super heróis, o primeiro (e geralmente único) a se apresentar como aluno (ou “cair como um patinho” no conto do vigário) é o Afonsinho. Bobinho, afoito, sugestionável ao extremo e de inteligência um pouco limitada, o pato da vila é a vítima ideal do “professor Zé”. Afinal, quem mais acreditaria assim tão facilmente que o papagaio sabe ensinar alguma coisa?

Quando o pato não entende a “aula teórica”, o Zé resolve partir para a “aula prática”, encenando o roubo fictício dos 5 cruzeiros da matrícula que o Afonsinho pagou para que ele investigue, já que essa é a única coisa de valor que existe na história toda.

ZC Afonsinho

 

Mas é aí que o caldo entorna: por coincidência está havendo uma onda de misteriosos furtos na Vila Xurupita, e todos os habitantes estão assustados. Aqui papai insere habilmente um detalhe realista da vida cotidiana dos bairros mais populares no Brasil: a venda do Seu Manoel é o ponto de encontro das pessoas que moram ali em volta, e logo se forma um burburinho, com cada um querendo contar o seu próprio caso, entre queixas sobre a “falta de segurança”.

ZC Seu Manoel

 

Hoje em dia o “ponto de encontro” são as redes sociais, mas em relação à segurança pública ou às reações das pessoas pouco parece ter mudado. De confusão em confusão, de mal entendido em mal entendido, o Nestor acaba sendo apontado como suspeito pelo Afonsinho, e para livrar a cara do amigo antes que algo mais grave aconteça, o Zé vai precisar se explicar até para a polícia.

Este é o castigo do Zé por ter “armado” para cima do amigo ingênuo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s