A Serviço Do Mal

História do Morcego Vermelho, de 1973.

Feitas todas as apresentações, partimos então para as aventuras propriamente ditas do herói. Desta vez, e contratado para tomar conta da Caixa Forte, o Morcego está pela primeira vez às voltas com uma vilã que não tem medo dele: a terrível Maga Patalójika, sempre em busca da Moedinha Número Um.

Logo de saída, uma pista interessante sobre a localização da redação de A Patada: na primeira página, o Tio Patinhas está em sua “sala das preocupações” que, todos sabem, fica dentro da fortaleza. Ele chama o Donald aos berros, que vem correndo e se justificando pela demora, dizendo que estava “no jornal”. Ora, se o Donald está a um grito de distância, a redação fica dentro da Caixa Forte ou, no máximo, do outro lado da rua.

O único Equipamento Morcego apresentado pela primeira vez nesta história é a “Corda Morcego”, que inclusive acaba facilitando a entrada da Maga. Outros equipamentos usados são os “Patins Morcego” (sem muito sucesso, diga-se de passagem), e o “Bate Morcego”.

A princípio a bruxa tem alguma dificuldade em enfeitiçar o herói já que o hipnotismo, sua técnica predileta para controlar suas vítimas, não muda o caráter das pessoas, e o Peninha/Morcego é essencialmente bom. É preciso um feitiço mais forte, que envolve um banho num caldeirão cheio de alguma poção maligna e o uso de um morcego mecânico que envia ondas mentais do mal à vítima.

MOV mal

Assim enfeitiçado, o Morcego começa a causar a maior bagunça em Patópolis, a ponto de todos começarem a acreditar que ele virou bandido, com consequências desastrosas para a recém inaugurada estátua no parque.

MOV mal estatua

Uma vez quebrado (literalmente) o feitiço, acontece uma coisa rara em histórias de magia: resta uma prova tangível do malfeito, que pode ser usada como prova científica da inocência do herói.

MOV mal morcego

Mais do que o duelo com a Maga ou a confusão causada na cidade, o tema central nesta história é a luta interna do Morcego Vermelho/Peninha, o conflito entre a sua boa índole natural e os efeitos do feitiço do mal. Apesar de algum sucesso inicial e temporário das forças do mal, a verdade é que elas nunca tiveram chance alguma contra o bem.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s