O Marajá De Shingatudo

História do Morcego Vermelho, de 1973.

Antes da história principal, temos uma página onde o nosso pato-morcego apresenta oficialmente mais um de seus equipamentos especiais: a Moto Morcego, que nada mais é do que a moto do Peninha, com algumas leves modificações.

MOV moto

E vamos continuando com os comentários sobre as primeiras histórias do Morcego, aquelas que foram publicadas na primeira revista de lançamento do personagem.

Já de saída, papai faz uma coisa bastante diferente na abertura da história: ao invés de usar o tradicional “splash panel” (aquele primeiro quadrinho grandão que geralmente ocupa um terço da página, veja acima), ele usa o espaço tradicionalmente reservado para isso com um “tríptico” que descreve as ações malignas do Mancha Negra em mais uma onda de assaltos.

Apesar de o Mancha ser um bandidão tão malvado quanto a Maga Patalójika, de nossa história de ontem, esta história é um pouco mais cômica que aquela. A “running gag” fica por conta das repetidas trapalhadas com a “Lata de Lixo Morcego”. Papai usa bastante os termos “entalado” e “enlatado” quase como intercambiáveis, ou sinônimos, causando um efeito cômico com a inversão das sílabas centrais e a óbvia relação das palavras com a própria palavra “lata”.

MOV lata1

Além disso temos também mais um veículo maluco, os “Esquis Morcego” que correm pelas ruas sem necessidade de haver neve.

MOV esqui

A loja de artigos orientais que o Mancha Invade lembra bastante aquela de “O Ídolo de Jade”, antiga história de terror que papai desenvolveria para os Metralhas em 1976. De lá o vilão rouba um quimono e um turbante, e sai pela cidade como o “Marajá de Shingatudo” (xinga tudo, mais um daqueles trocadilhos que a gente já conhece).

Quanto à redação de A Patada, aqui vemos que ela fica fora da Caixa Forte. Deste modo, de duas, uma: ou o Tio Patinhas tem um grito supersônico, ou o prédio da redação fica bem próximo da fortaleza. (Estou começando a me convencer de que Patópolis é um ovo…)

Desta vez o Morcego finalmente acerta a mão e consegue pegar o Mancha com sua “Clava Morcego”, a ponto de ter até que meio que se justificar. Afinal, amalucado tanto quanto seja, todo herói merece se dar bem de vez em quando.

MOV clava

Anúncios