Os Homens-Pássaros

História do Morcego Vermelho, publicada uma única vez em 1975.

Um bando de ladrões diferente está praticando assaltos em Patópolis, e deixando a população aterrorizada. São uns bichões alados com jeitão de pássaro, mas com curiosas turbinas nas costas, juntamente com as asas. A confusão é grande, e a princípio até se pensa que eles sejam seres de outro planeta, mas logo a coisa toda se revela como uma “parceria” do mal entre o Professor Gavião e os Irmãos Metralha.

Interessante é a concisão com a qual papai nos apresenta o problema, no quadrinho de abertura, e depois explica quem exatamente são esses bandidos. Nada de narradores, ou de vinhetas explicativas nos quadrinhos. A própria ação já “joga” o leitor para o meio do auge da onda de assaltos e em seguida vai desvendando os detalhes que faltam. Deste modo, o fã de quadrinhos já começa a leitura tão surpreso e confuso quanto o próprio Morcego Vermelho.

A trama se baseia principalmente na premissa de que não há honra entre ladrões. Apesar da colaboração, os bandidos passam a história inteira tentando passar a perna uns nos outros. Esta desonestidade contra tudo e todos é, obviamente, a sua maior fraqueza.

MetrPass

Já boa parte do humor nesta história fica a cargo do azar do Metralha 1313 e das trapalhadas do Morcego Vermelho. Uma coisa mais ou menos equilibra a outra, o que só aumenta a graça da coisa toda. A narrativa, aliás, está cheia de soluções engraçadas, como a arma usada pelo Tio Patinhas contra os bandidos voadores, além de outras situações hilárias, para o desgosto dos passarinhos do parque.

MetrPass1

Para pegar os bandidos, o Peninha (digo, o Morcego) consegue dar a eles uma dose de seu próprio “remédio”. Mas sua maior proeza será, sem sombra de dúvida, a de preservar sua identidade secreta e ainda por cima evitar ser despedido pelo Tio Patinhas mais uma vez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s