O Bandoleiro

História do Zorro, de 1973.

As histórias desse personagem, de um modo geral, quase por definição, são uma variação sobre um mesmo tema ou dois: quando o Sargento Garcia não está perseguindo o Zorro a mando do Capitão Monastério, a cidade está vulnerável por causa da ausência do Capitão e é invariavelmente invadida por bandidos. Desse jeito não há muito o que inovar, até mesmo para Ivan Saidenberg.

Em compensação, a coisa toda é mais ou menos como uma receita culinária: é só misturar os ingredientes com atenção e cuidado, de vez em quando usar uma pitada a mais ou a menos de algum tempero, e não tem como dar errado. E melhor, ainda pode sair delicioso.

Como sempre, o Sargento faz uma figura entre o patético e o cômico. Sabe que é sua função defender Los Angeles, e até tenta, mas não tem competência nenhuma para a tarefa, o que faz com que o Zorro precise entrar em cena. Nesta história temos também o elemento da mocinha em apuros que será, é claro, defendida e salva pelo herói.

E Dom Diego, também como sempre, usando de toda a sua astúcia para defender a cidade sem revelar sua identidade secreta. Ele chega inclusive a se deixar esbofetear pelos bandidos, ao se intrometer de uma maneira calculadamente desastrada para dar tempo à mocinha de fugir, e depois se justifica dando ao Sargento uma poética definição do que é ser um homem de bom caráter (e que afinal de contas não está errada): aquele que defende mulheres em momentos de perigo.

Zorro poeta

Ele pode se dar a esse luxo, pois sabe que sempre poderá trocar de roupa e voltar para se vingar. No fim, o Zorro ainda tem a cara de pau de mandar lembranças ao Dom Diego e a seu pai. A raposa atacou novamente.

Zorro lembrancas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s