As Árvores Ambulantes

História do Tio Patinhas, publicada uma única vez em 1977.

Papai era fã de Macbeth, a “Peça Escocesa” de Shakespeare, e usou o tema em várias de suas histórias. A princípio o leitor tem a impressão que está lendo mais uma história das bruxas, e em especial da Maga Patalójika, mas isso é só uma distração, um artifício baseado nas técnicas usadas para confundir o leitor nos romances policiais que ele também gostava de ler.

Um ponto fraco do Patinhas é a supersticiosidade: ele não apenas acredita que a primeira moeda que ganhou é um talismã poderoso que trouxe a ele toda a sua fortuna, e que perdê-la traria a sua ruína, como também acredita piamente em todo tipo de oráculo e presságio. Isso, é claro, abre “brechas” para muitas confusões.

O leitor atento vai começar a desconfiar que há algo errado com as bruxas quando elas dão a entender que não foram as criadoras do início de tempestade que assustou o velho muquirana logo no início da história. Se elas não têm poderes mágicos, então quem são elas?

Arvores

As coisas começam a ficar mais claras para o leitor quando um dos Irmãos Metralha é preso por um policial muito suspeito:

Arvores1

Por fim, a atitude e comportamento das árvores ambulantes é mais suspeito ainda. Nesse angu tem caroço, decididamente:

Arvores2

Papai não gostava muito de ir ao médico. Isso se reflete nesta história no fato que os conselhos dos médicos do Tio Patinhas e do Donald só adicionam à confusão: foi por aceitar a sugestão de caminhar mais que o Patinhas se deparou com as supostas bruxas, e o Donald literalmente dorme em serviço também por causa de seu médico, que receitou calmantes a ele. Apesar disso tudo, todos nós sabemos que médicos são gente boa, e que seus conselhos devem ser seguidos, não é mesmo?

Por fim, são os três sobrinhos do Donald que descobrem o que está errado e salvam o dia: tudo não passava de um muito bem elaborado plano dos Metralhas, baseado nas leituras do Metralha Intelectual.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s