A Invasão Dos Monstros

História do Morcego Vermelho, publicada originalmente em 1977 e republicada recentemente.

Nesta história vemos a criação de um novo inimigo para o nosso herói: um abutre corcunda com vocação para inventor do mal, que cria uma máquina que usa todo tipo de lixo para criar monstros aterrorizantes. Seu nome, “Apolo Issão”, é uma brincadeira com a palavra “poluição”, matéria prima de seu maligno invento.

A confusão é tanta que o Peninha acaba obrigado a se vestir de Morcego Vermelho dentro de uma cabine telefônica, “como um super-herói comum”, uma super alfinetada de papai no Super Homem.

MOV poluicao

O bandido e o herói vão, assim, se confrontando pela cidade e trocando de posição. Ora um está vencendo, ora o outro. A lata Morcego é invadida, o herói quase acaba preso ao ser confundido com um monstro, e até a cabine telefônica é usada mais de uma vez, pelos diferentes personagens. Os elementos da história vão se revezando, já que nada está lá por acaso.

Como o problema é tecnológico, o Morcego vai consultar o Professor Pardal. Numa pequena maldade de papai, o Lampadinha também aparece, em 4 exatos quadrinhos, só para no fim levar um tabefe e desaparecer da história de novo.

MOV poluicao1

No final o invento do Pardal se mostra útil, e até o vilão prova um pouco de seu próprio veneno. Que o vilão vai sair perdendo todo mundo sabe, e nem poderia ser de outro modo. O divertido é ver como, exatamente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s