Cespinho e Paulistinha

Em algum momento das décadas de 1970/80 (algo como final de uma, início da outra, e as evidências apontam para o ano de 1979), A CESP (Companhia Energética de São Paulo) e a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) encomendaram, juntas, um gibi promocional ao Departamento de Publicações Especiais da Abril.

Como de costume, a editora montou uma equipe composta pelos seus melhores para o projeto. Pelo menos uma fonte que eu vi no Google cita Waldir Igayara como criador dos personagens (que me lembram, aliás, os androides R2D2 e C3PO, de Guerra Nas Estrelas, de 1977), os argumentos das histórias ficaram a cargo de Papai, Julio de Andrade Filho e Paulo Paiva, e os desenhos são de Carlos Edgard Herrero. Também como de costume, não há créditos claros para nenhum dos artistas envolvidos, e é portanto bastante difícil saber exatamente quem fez o quê.

Segundo a lista de trabalho de papai, em 1978 ele escreveu as histórias para as partes de Recursos Naturais e Recursos Humanos desta revista.

CESPCPFL2

A revista em si pretende ser uma aula completa sobre como o Governo do Estado de São Paulo produzia e distribuía energia elétrica naquele tempo, incluindo planos para o futuro. Começando com um muito breve histórico das duas empresas, as histórias vão explorando vários aspectos da indústria energética, citando as usinas hidrelétricas, principalmente, mas também outras fontes fósseis e renováveis, indistintamente e de modo muito vago (algumas das quais até hoje ainda não são bem aproveitadas), como a energia das ondas do mar ou o aproveitamento dos gases provenientes de depósitos de lixo.

Como nas encomendas dos ministérios militares, já citadas aqui, os roteiros das várias histórias seguem um esquema bem preparado pelo cliente e recheado de fatos, mapas e até uma fotografia aérea de uma usina hidrelétrica, que em alguns momentos “engessa” bastante a coisa toda. É claramente uma peça promocional, sem pretensão alguma de ter um roteiro ou uma trama.

CESPCPFL1

São 32 páginas e 6 histórias, a saber: A Energia (uma introdução), Engenharia e Construções, Transmissão, Distribuição, Recursos Humanos (uma peça de recrutamento de pessoal) e Recursos Naturais (que hoje em dia seria chamada “responsabilidade social e ambiental”). Entre uma história e outra há também joguinhos temáticos, como caça palavras e jogo dos cinco erros.

CESPCPFL

Anúncios

4 opiniões sobre “Cespinho e Paulistinha

  1. Este foi um dos primeiros contatos que tive com os quadrinhos. Felizmente muitos anos depois consegui um exemplar desta revista. Seu pai e o Canini eram meus ídolos dos quais eu nem sabia o nome na infância. Parabéns pelo blog.

  2. Pingback: Cespinho

  3. Olá, eu tinha 9 anos de idade e minha escola naquela época nos levou de ônibus até a central da CPFL Campinas para conhecermos de energia elétrica e cada um ganhou este gibi, eu tenho o meu guardado até hoje e recentemente achei no meio das minhas coisas de infância, está inteiro e tive a curiosidade de procurar a respeito principalmente por não lembrar da data que foi, lendo um pouco fiquei espantado que naquela época já pensavam em outras formas de energia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.