Penadim E A Lâmpada Quase Maravilhosa

História do Peninha, publicada pela primeira vez em 1984.

Esta é uma paródia do clássico conto de fadas “Aladim e a Lâmpada Maravilhosa” , com algumas adaptações. A primeira é a participação da Companhia Teatral Peninha inteira, aqui sob a alcunha “Trio Assombroso”, dando uma de saltimbancos no Bazar de Bagdá.

Mas apesar de algumas reviravoltas a mais, é a mesma história: um homem mau pede ao jovem e inocente Aladim para entrar num local em ruínas e pegar de lá de dentro uma velha lâmpada a óleo que, quando esfregada, liberta um gênio que atende desejos. O resto da trama são as correrias em volta da lâmpada e do seu gênio, que vão trocando de mãos repetidas vezes enquanto a confusão só aumenta.

Papai tinha uma regra clara para esses seres mitológicos: eles não agem de boa vontade e nada do que criam tem alguma utilidade, ou dura muito tempo. Aqui há um agravante, já que o Gênio na verdade não cria nada, mas apenas transfere coisas de um lugar ao outro sem pedir licença, o que pode dar (e dá) problemas aos incautos que se arvoram a querer ser amos dele.

Penadim

Interessante é o uso de palavras bastante fortes para uma história Disney, que surpreendentemente os editores da época deixaram passar. Primeiro, o Gênio menciona um fictício “Reino da Bestarábia” (uma alusão à região da Bessarábia). Até aí, pode-se argumentar que “besta” não é exatamente um palavão, já que pode ser também o nome de uma arma medieval.

Mas lá pelo final da história o Gênio acaba sendo chamado uma vez de “lorpa“, um claro pejorativo, e até mesmo de “idiota”, mais de uma vez, e com todas as letras.

Em todo caso, o Peninha em seu papel de Aladim, como parte inocente da história, não vai acabar tão mal. Termina a história tão pobre quanto começou, isso é certo, mas ganha seu prêmio, no final, na forma do amor da princesa, filha do sultão.

Penadim1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s