Um Presente Para Tio Patinhas

História do Tio Patinhas, publicada em 1976.

O dia do aniversário do quaquilionário está se aproximando, e ele está chateado porque nesse dia ninguém dá a ele presentes de valor material, porque consideram que ele já tem tudo, ou pode facilmente comprar o que desejar. Mas o Patinhas pensa diferente. Afinal, um presente de valor seria mais uma adição à sua vasta fortuna, e isso é o objetivo de vida dele.

Mas, para sua surpresa, de repente começam a chegar à Caixa Forte presentes e mais presentes. Eletrodomésticos, móveis, o conteúdo de uma casa completa, e até mesmo as chaves de um carro, a ser buscado na concessionária.

Patinhas presente

Mas quem teria enviado esses objetos caros todos? E por quê? Num primeiro momento ele e o Donald suspeitam de mais um golpe da Maga Patalójika, mas logo o verdadeiro responsável se revela: um milionário da vizinha Gralhópolis (a cidades das gralhas, ao que tudo indica. Assim, a região metropolitana de Patópolis vai ficando maior) de nome Aramis Ântropo.

Este é mais um jogo de palavras baseado em um cacófato. “Misantropo” é sinônimo de alguém que sente uma antipatia geral por todos os seres humanos. Em nosso caso, trata-se de um misantropo “em recuperação”, que decidiu tentar fazer algo de bom pelo próximo, mas não exatamente o Tio Patinhas. O destinatário da boa ação era originalmente o Primo Nadinhas, parente pobre do pato mais rico do mundo.

Patinhas presente1

É claro que ninguém vai ficar sem os seus presentes. E mais: nesse processo o Patinhas finalmente entende a diferença entre os presentes de valor, e o valor dos presentes. Papai gostava muito de puxar por esse lado mais terno do ricaço de Patópolis, que não deixa de ser, ele também, um misantropo. Mas por baixo daqueles quaquilhões todos também pulsa um coração, afinal. E eu desafio o leitor a chegar ao último quadrinho desta história sem nem ao menos uma lágrima no cantinho do olho.

Quanto a mim, o melhor presente que eu posso ganhar neste final de ano é você passar lá no site da Editora Marsupial e reservar o seu exemplar do meu livro sobre papai:http://www.lojamarsupial.com.br/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s