A União Faz… O Susto

História do Tico e Teco com participação especial do Ronrom, publicada uma única vez em 1974.

Hoje todos os personagens principais são bichos, e precisarão unir forças para solucionar seus problemas, que para nós parecem insignificantes, mas para eles são enormes. Os esquilos estão tendo dificuldades com o peso das nozes, mas o gato está bem mais encrencado. O seu dono, Pato Donald, está bravo porque ele não consegue pegar um rato que invadiu sua casa.

O interessante é que os animais nunca falam com os humanos, nas histórias Disney (eles apenas pensam o que gostariam de dizer, quando muito), mas podem perfeitamente conversar entre si. Assim, temos uma rara oportunidade de ver o Ronrom agindo de um jeito completamente diferente que na maioria das histórias.

Quem conhece o gato do Donald sabe que ele não é nenhum “gato de almofada”, e pode ser bastante arisco quando necessário. É um gato que, decididamente, sabe mostrar as unhas. Mas o problema é que o rato em questão também não é de fritar bolinho:

Ronrom susto

É nessa hora que a criatividade, e principalmente as patas dianteiras preênseis dos esquilos virão bem a calhar. Assim, eles ajudam o amigo gato a afastar o rato (que aliás também é adepto dos livros de “faça você mesmo”), e recebem dele a retribuição do favor, para a completa surpresa do Pato Donald, que nesta história faz apenas uma pequena participação.

Ronrom susto1

É uma história curta, criativa e meiga, que merecia ter sido publicada mais vezes. A verdade é que nem eu, nem papai, nem qualquer outro artista dos estúdios Disney no Brasil nunca ganhou qualquer coisa a mais (além do pagamento pelo trabalho inicial de fazer a história) por qualquer republicação, nem ganhará, enquanto as regras continuarem as mesmas. É verdade também que, mesmo aceitando essas regras, papai se sentia meio incomodado com as sucessivas republicações. Mas eu não me incomodo nadinha, já que a republicação é uma maneira de continuar mostrando o ótimo trabalho dele e de seus colegas às novas gerações, mantendo viva a memória dos quadrinhos Disney no Brasil.

****************

Mais memórias estão em minha biografia de papai, que está à espera de vocês nas melhores livrarias, não percam:

Marsupial: http://www.lojamarsupial.com.br/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava

Comix: http://www.comix.com.br/product_info.php?products_id=23238

Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/p/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-15071096

Monkix: http://www.monkix.com.br/serie-recordatorio/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-serie-recordatorio.html

Anúncios

3 opiniões sobre “A União Faz… O Susto

  1. Essa lamentável questão do não pagamento aos criadores (roteiristas e desenhistas) de HQs não é “privilégio” do Brasil. Lembremos que o genial cartunista Don Martin (1931-2000), que brindava os leitores da MAD com suas histórias maluquíssimas e com onomatopeias únicas, em 1987 saiu da revista após bater boca com o fundador e “publisher” William Gaines (1922-1992) sobre republicações de seus trabalhos em edições especiais e livros de bolso. Martin alegou que Gaines lhe devia um milhão de dólares. Jamais viu a cor do dinheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s