Não Há Mais Inventores Como Os De Antigamente

História do Professor Pardal, de 1973.

Na maioria das histórias do Pardal onde há o aparecimento de seres de outras épocas ou de outras dimensões a culpa é dele mesmo, por causa de algum aparelho que ele esqueceu ligado, ou coisa parecida. Assim, quando de repente coisas estranhas começam a acontecer, com o aparecimento de um personagem estranho, o inventor de Patópolis logo começa a procurar o que é que ele fez de errado.

Mas o problema é justamente esse, ele não fez nada de errado. Muito pelo contrário. Na verdade, ele não fez nada, absolutamente, para causar essa visita. É nisto, basicamente, que esta história difere da maioria das outras do gênero. Quem fez algo foi o outro, um inventor dos tempos da Grécia antiga que inventou uma máquina do tempo adaptada em uma Biga (na falta de um DeLorean, fazer o quê…) Ao que parece, os criadores de De Volta para o Futuro não foram os primeiros a ter a ideia de usar um veículo existente como máquina do tempo.

Pardal Arkipesas

O arrogante inventor Grego, cheio de si, está plenamente convencido de que o tempo dele é o auge do progresso da humanidade. Seu nome, Arkipesas, é uma brincadeira com o do antigo cientista da Antiguidade Clássica Arquimedes. Afinal de contas, enquanto um “mede”, o outro “pesa”. (Eu sei, eu sei… Trocadilhozinho infame. É por isso mesmo que ele é engraçado). Ele passa a história toda tratando o Pardal como um amador, mas acabará provando do próprio remédio, também.

O interessante é que Arquimedes inventou uma maneira de se determinar o volume de um objeto irregular, no caso uma coroa de ouro, usando o deslocamento da água como “ferramenta”. Este é um processo que fica justamente a meio caminho entre medir e pesar, e papai também se refere a esse episódio da vida do cientista na história.

Jogos de palavras abundam nesta história, como a menção a um faraó de nome “Ramsoso II”, que é uma brincadeira com Ramsés, o Grande. Além disso, temos alguns xingamentos disfarçados de “língua estranha”, que também só adicionam à graça da coisa toda.

Pardal Arkipesas1

Realmente, não há mais inventores como os de antigamente, e talvez isso seja uma coisa boa.

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias.

Marsupial: http://www.lojamarsupial.com.br/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava

Comix: http://www.comix.com.br/product_info.php?products_id=23238

Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/p/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-15071096

Monkix: http://www.monkix.com.br/serie-recordatorio/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-serie-recordatorio.html

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s