O Feiticeiro Das Selvas

História do Professor Pardal, de 1977.

Este feiticeiro é um dos “adotados” de papai, um personagem de certo potencial que (se não fosse por ele) teria ficado esquecido em uma única história.

Desta vez o Feiticeiro das Selvas está atrás do Lampadinha, já que na história original de Carl Barks o inventor se vale de seu ajudante para se safar. O caso é que, como muitas vezes acontece nas sociedades tribais, e isto tem a ver também com os já aqui citados Arthur C. Clarke e Erich Von Daniken e suas teorias sobre o impacto de altas tecnologias sobre mentes mais primitivas, temos uma situação na qual há a tentativa de se copiar uma tecnologia avançada de maneira supersticiosa ou “simbólica”.

Neste caso, após terem visto o Lampadinha em ação, todos os feiticeiros da floresta resolvem tentar fazer os seus próprios que, é claro, são versões muito mais toscas e nada funcionais. Meros bonecos feitos de metal. Somente o feiticeiro que conhece o Pardal sabe que só existe um “boneco” que seria realmente “mágico”.

Pardal selvas

E é neste ponto que papai quebra uma de suas principais regras sobre como escrever quadrinhos: depois de descrever uma complicada situação na qual o Inventor e o Lampadinha são levados por mágica à floresta para participar de um concurso de bonecos mágicos, papai termina a história fazendo o Pardal acordar de repente em sua cama somente para descobrir que foi tudo um sonho. Mas fica a dúvida: teria sido mesmo só um sonho, ou foi o Feiticeiro que fez parecer assim?

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias.

Marsupial: http://www.lojamarsupial.com.br/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava

Comix: http://www.comix.com.br/product_info.php?products_id=23238

Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/p/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-15071096

Monkix: http://www.monkix.com.br/serie-recordatorio/ivan-saidenberg-o-homem-que-rabiscava-serie-recordatorio.html

Anúncios