Operação Resgate

História do Capitão Valente publicada pela Editora Abril na revista Pic Pic número 11, de 1981, com argumento de Ivan Saidenberg e desenhos de José Claudino Gomes.

O avião “homenageado” da vez, impresso em cartão colorido e pronto para ser destacado e montado pelo jovem leitor é o Tupolev TU-22 “Blinder”, um bombardeiro a jato de segunda linha fabricado pela antiga União Soviética e muito usado até os anos 1990 por ditadores muçulmanos no Norte da África em suas constantes guerras regionais.

Mas a história de hoje do Capitão Valente não tem nada a ver com o avião descrito acima. O Capitão, desta vez, sai à procura de um Cessna, que teria desaparecido misteriosamente sobre uma densa floresta enquanto transportava uma cientista nuclear, de nome Dra. Frankemberg, e seus planos altamente secretos.

O leitor que tem acompanhado as histórias deste personagem até aqui, acostumado com histórias de contatos alienígenas e cientistas malucos, deve estar se perguntando, juntamente com o Capitão, qual será o motivo do desaparecimento. Serão os OVNIs, um sequestro, uma sabotagem?

Pela primeira vez vemos nomes de localidades brasileiras sendo mencionados no decorrer da história. Até este momento havia um grande cuidado de tentar retratar um aviador de uma força aérea “genérica”, que não se limitasse a regiões específicas. Mas, refazendo a trajetória do avião, nosso herói descobre que ele desapareceu entre as cidades de Alto da Serra e Riacho Grande, que ficam, as duas, aqui no Estado de São Paulo. Papai só aumentou “um pouco” (200 Km ao invés de 30) a distância entre as duas localidades, para efeito dramático.

CV Operacao

Um toque muito legal na trama é a participação de um operador de Radioamador, que ajuda o herói em sua missão como, aliás, acontecia muito na época em que esta história foi escrita.

Já a surpresa final será justamente a total falta de causas sobrenaturais para o desaparecimento. É somente um caso de resgate, perfeitamente mundano, mas nem por isso menos interessante. Afinal, quem disse que, só porque a série se iniciou com histórias sobrenaturais, todas elas têm, obrigatoriamente, que ser assim?

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s