Por Falar Em Assalto…

História dos Irmãos Metralha, de 1980.

“Não existe honra entre ladrões”, diz o ditado. Este é um golpe, dentro de um golpe, dentro de outro golpe, e ainda por cima papai tem o capricho de fazer a história terminar quase exatamente como começa, só para chatear os bandidos ainda mais. Por mais “camadas” que esse golpe possa ter, como uma cebola, ele obviamente não pode dar certo.

Metralhas maquina

A ideia de uma máquina “assaltante”, que desmaterializa coisas à distância e as materializa dentro do covil dos bandidos seria realmente a realização do crime perfeito, um verdadeiro terror para qualquer pessoa de bem com algo de valor em sua posse.

Por um momento o Primo Cientista (outro “adotado” de papai, inventado no exterior mas usado só uma vez por lá) acredita que aplicou o golpe perfeito. E teria sido mesmo o caso, se, e apenas se, houvesse alguma honra entre ladrões.

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s