A Troca De Prisioneiros

História do Fantasma do Espaço, criada em fevereiro de 1977 e publicada pela Editora Abril Na revista Heróis da TV número 25 em junho do mesmo ano.

Esta história poderia se passar também no planeta Terra, e funcionar perfeitamente como uma história de piratas no mar. Ela é, na verdade, uma transposição, assim como muitas histórias de Capa e Espada, Velho Oeste e até de Samurais já foram adaptadas na forma de aventuras espaciais. Basta trocar as naus por naves, o mar pelo espaço sideral e fazer algumas adaptações em função das particularidades do tema espacial, sem, é claro, esquecer de inventar uma boa história para acompanhar o exercício de imaginação.

FE prisioneiros

Se passando por náufragos, os piratas pegam desprevenidas a Jan e Jaci, as duas crianças que são ajudantes do Fantasma. Em seguida, passam a exigir a soltura de seu chefe. O plano parece, como sempre, perfeito, mas os bandidos não contam com a astúcia e os poderes do herói. Ele também tem seus truques, e não hesitará em usá-los.

FE prisioneiros1

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s