A Estação Submarina

História do Professor pardal, de 1975.

Esta história foge um pouco do lugar comum, por misturar ficção científica com o já conhecido método de criação de histórias policiais de papai. A primeira e principal pista de que algo vai dar errado está logo no último quadrinho da primeira página. O que parece ser um inocente tapinha nas costas vai se revelar, no final, como algo muito mais maléfico.

Pardal estacao

Quanto à Estação Submarina em si, papai parte do princípio de que toda ferramenta pode ser usada tanto para o bem quanto para o mal. Um martelo pode ser usado para construir uma casa ou derrubar uma casa, e a energia atômica pode virar uma bomba terrível ou ferver água em grande escala para produzir energia elétrica (eu, aliás, acho isso um absurdo tão grande quanto a bomba, pois os riscos da “chaleira atômica” ultrapassam, em muito, a sua utilidade. A maior usina atômica do universo está no Sol e é, certamente, uma fonte bem mais segura de energia e tão abundante quanto).

A arma tecnológica da vez não é a energia atômica, mas raios laser de alta potência que o cientista do bem, já virado em malvado, manda instalar na estação submarina no último minuto. O pretexto é melhorar a extração de minérios, função original da estação, mas na realidade eles serão utilizados para fazer chantagem.

Pardal estacao2

Desta vez é o Lampadinha que ficará com a missão de salvar o mundo do Professor Pardal do Mal, provando mais uma vez que “tamanho não é documento”. Muito pelo contrário. É justamente por ser tão pequeno que ele conseguirá solucionar o problema.

Mas o robozinho nunca para de nos surpreender. Agora constatamos que, além de ter sentimentos, saber pensar e solucionar problemas complexos, ele também é à prova de água e pode mergulhar a grandes profundidades sem medo de um curto circuito. Interessante. Mas a cena mais engraçada desta história, a meu ver, também é protagonizada por ele:

Pardal estacao1

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s