A Moeda Número Um Do Patinhas Não É Minha

História da Maga Patalójika, de 1978.

A base para esta história é uma reflexão sobre o significado e a psicologia dos amuletos e talismãs em geral: afinal de contas, esses objetos têm e irradiam poderes mágicos por si sós, ou somos nós que projetamos neles os nossos anseios, em mais um caso de “profecia auto-realizável”?

É isto que vamos investigar hoje enquanto o Patinhas está às voltas com a Maga, que veio atrás dele para tentar roubar sua moeda número um. A bruxa joga sujo e acaba bestificando o quaquilionário. Mas, apesar de tudo, não consegue encontrar a moeda de maneira nenhuma. Não está na maleta, nem nos bolsos, e muito menos escondida dentro do guarda-chuva. É sabido que o pato não se separa dela por muito tempo. Sendo assim, ela precisa estar por perto, mas, onde?

maga-minha

Com o Patinhas desmaiado em uma cama, o Donald é convocado a comandar o império comercial do tio em seu lugar. É aí que a influência mágica da moedinha começa a se manifestar: a cada vez que ele sai de casa para ir à Caixa Forte, os negócios começam a ir desastrosamente mal. Quando ele volta para casa, em estado de choque, as coisas se resolvem quase por si sós. Diante da situação os patos, que no início estavam bastante céticos quanto ao amuleto, começam até a acreditar nos poderes da moeda e concluem que ela só pode estar dentro da casa.

maga-minha1

O pato muquirana tem por certo que a moeda dá sorte. Afinal, foi ele quem criou a coisa toda. A Maga tem mais do que certeza de que o objeto é mágico, a ponto de não poupar esforços para tentar roubá-lo. O leitor já viu inúmeras provas dos poderes do amuleto. Mas o desfecho da trama faz com que os sobrinhos continuem na dúvida, para a diversão do leitor.

Já o título da história é inspirado em uma canção de Caetano Veloso chamada “Superbacana“, que faz alusão a vários heróis dos quadrinhos, do Super Homem ao Superpateta.

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon 

 

Anúncios

2 opiniões sobre “A Moeda Número Um Do Patinhas Não É Minha

  1. This story bring up to my mind the eternal question I’ve always asked myself, doe’s the number one coin really bring luck to it’s owner or is it just a simple coin used by scrooge as a source of inspiration ? It really differs from an author to another and it’s sometimes hard to tell what’s canon and not. Some actually think that the coin wasn’t magic when scrooge had it at first but somehow gaines magical powers after he became the richest duck in the world

    • Some say it’s a self-fulfilling prophecy: It brings luck because Scrooge believes it does. But, more than a talisman, it is a memento of the first paid job he did and a symbol for hard work and not spending all one’s money at once.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s