O Grito do Ipiranga

História da coelhinha Fofura, de Ely Barbosa, publicada pela Editora Abril na revista da personagem número 5 em outubro de 1987.

Papai deixou anotado na lista de trabalho que a ideia foi de mamãe. O tema é a Independência do Brasil, que será abordada de uma maneira muitíssimo livre. A ideia é brincar com o assunto de modo a despertar o interesse no jovem leitor, tornando-o mais receptivo quando esse capítulo específico da História do Brasil for abordado por sua professora na escola.

É por isso que a história de hoje se inicia com a Fofura brincando de professora e tentando dar uma aula sobre o assunto. O problema é que só o Escovão quer ter a aula. O Nenê quer brincar de teatrinho, e o escovinha quer mais é jogar bola, enquanto o cão Lambão só pensa em dormir.

Em todo caso, o Escovão vai ter a ideia de combinar a aula com o teatrinho, pelo menos. Assim, a Fofura vai ser a Princesa Leopoldina, o Escovão fará o papel de José Bonifácio, o Nenê será o Príncipe Dom Pedro e o Escovinha, pela teimosia e ideia fixa em jogar bola, será o mensageiro da corte de Lisboa.

Só o jogo de futebol vai ficar de fora dos planos, com consequências desastrosas para o bom andamento da brincadeira, mas com resultados hilários para o leitor no final da história.

Esse tipo de história sobre brincadeiras de crianças que papai escrevia é, aliás, uma visão bastante realista sobre a realidade da criançada: as ideias são geralmente muito boas, mas falta liderança e disciplina para que se possa fazer algo que realmente valha a pena. O que geralmente acontece é que a desordem impera e acaba levando a brigas e a um final inconclusivo da brincadeira, para a frustração de quem está participando e a diversão de quem observa de fora.

Qualquer semelhança disso com o estado atual das coisas neste momento na História de nosso país pode não ser uma total coincidência, no final das contas…

**************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon 

Visitem também o Sebo Saidenberg, na Amazon. Estou me desfazendo de alguns livros bastante interessantes.

Anúncios