O Prefeito Perfeito – Inédita

História do Urtigão contra as Solteironas, composta em 25 de julho de 1993.

Esta é, de modo definitivo, a última história escrita por papai para este personagem. Trata-se, também, da grandiosa (tanto quanto possível) “batalha final” entre o velho matuto e o bando de mulheres que só pensam em casar. Hoje, finalmente, acontecerá o tão esperado (para alguns, e temido para outros) casamento do Urtigão.

A história é uma espécie de continuação e deve ser lida após “A Sorterona Prefeita”, já comentada aqui. Portanto, se você, leitor, ainda não fez isso, está na hora de fazer.

O título é um jogo de palavras entre os sons “pre” e “per”, só pela graça da coisa. De resto, a trama retrata bem, e sempre de maneira satírica, o jogo político de qualquer cidadezinha dos cafundós do Brasil. Governada por decretos, com “baile de posse” para um vice que simplesmente está assumindo temporariamente por uma doença do titular que nem é tão grave assim, fraudes com o papel timbrado da prefeitura, uma concorrência feroz entre “situação” e “oposição” e legislação em causa própria por parte de quem detém o poder. Qualquer semelhança com a política brasileira desde sempre não terá sido mera coincidência.

Será também “por decreto” que a bagunça toda vai se resolver, já que hoje nem a Amazona Solitária conseguirá salvar o Urtigão.

Na página 8, quadrinho no centro da página, há uma piada talvez não muito conhecida, por ser muito antiga, marcada com um ponto de interrogação em azul. Pois é, a pessoa da lapiseira azul não poderia faltar, depois de ter ficado “ausente” por algumas histórias.

A expressão “Tarde piaste” é uma piada malvada que se contava no interior de São paulo quando papai era criança, sobre um homem que, ao comer ovos crus, acaba engolindo um pintinho vivo. Ao que parece, é um provérbio originário de Portugal. Significa “chegar atrasado”, ou “protestar tarde demais”.

PP01 PP02 PP03 PP04 PP05 PP06 PP07 PP08 PP09

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook

O Dia dos Espantáio – Inédita

História do Urtigão, composta em 07 de julho de 1993 e nunca publicada.

Nem é preciso dizer que o “Clube das Solteironas Anônimas” está, por definição, fadado ao fracasso, por mais que tente armar planos e armadilhas para agarrar e tentar forçar o Urtigão a se casar. Foi para isso que esse grupo de personagens foi criado. O editor sabe disso, o autor da história sabe disso, e o leitor, é claro, também sabe, ou pelo menos desconfia, que nunca verá o casamento de um personagem Disney.

Mas, obviamente, nada impede o autor de brincar justamente com isso, e pelo menos fazer parecer que o plano vai dar certo, e que desta vez o Urtigão não terá escapatória. Em todo caso, este é um jogo de ilusões. O “Urtigão” da primeira página é um espantalho feito pelo próprio capiau, e bem se sabe que “quem faz um cesto, faz um cento”. Se ele fez um espantalho, nada o impede de fazer outros.

Aliás, espantalhos também era algo que papai sabia fazer. Quando saíamos em viagem, ele costumava deixar um boneco feito com as próprias roupas recheadas de jornal sentado em uma cadeira no jardim de inverno, de modo que pudesse ser visto da rua. Até uma cabeça papai fez para o nosso “guarda”, com um balão de festa e papel machê. De longe, parecia mesmo uma pessoa.

DE01 DE02 DE03 DE04 DE05 DE06 DE07 DE08

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook