A Vitória Do Águia

História do Zorro, de 1974.

Esta é uma pequena lição e denúncia sobre corrupção nos governos em geral. Considerando a situação política pela qual o Brasil passava naquele tempo, esta foi uma grande ousadia de papai e maior ainda da Editora Abril, ao dar tamanha liberdade de expressão aos seus artistas.

Por sorte os militares da censura aparentemente não liam quadrinhos com a devida seriedade, ou não conseguiram ver que a “alfinetada” era dirigida ao governo deles.

A ambição do Senhor Varga, um governante da Califórnia sob o Domínio Espanhol que papai adotou diretamente da série de TV do Zorro, é tomar o poder como governante absoluto, promover a independência do território e em seguida sagrar-se a si mesmo “rei”, para melhor locupletar-se do dinheiro público.

Nada diferente, aliás, das ambições impuras das miríades de bandidos travestidos de políticos que, desde sempre, vêm usando nossa nação como seu “cofre de porquinho” particular, sempre prontos a quebrá-la para satisfazer-lhes os muitos caprichos. A aparência do Águia, na arte do desenhista Walmir Amaral de Oliveira, aliás, me parece bastante “profética”. O que você acha, caro leitor? Lembra alguém?

O Zorro acaba conseguindo, como sempre, frustrar o contrabando de armas duas vezes ao longo de poucas páginas, mas também é ferido de raspão por um tiro disparado pelo vilão e quase capturado. Quem disse que a vida do herói é só empinar o cavalo negro na frente da lua cheia e fazer bonito para as mocinhas? Vida de herói não é fácil, não.

**************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon 

Visitem também o Sebo Saidenberg, na Amazon. Estou me desfazendo de alguns livros bastante interessantes.

Anúncios