Um Sonho De Natal

Esta história do Tio Patinhas, de 1985, é uma espécie de continuação de outra, publicada em 1978 e já comentada aqui, chamada “Patinhas, o Generoso”.

Ainda jovem e durante a corrida do ouro no Yukon, o pato salva do congelamento um cão perdido na neve e recebe por recompensa a realização de três desejos, mas com uma “pegadinha”: após a realização de cada um ele terá de fazer, novamente, alguma coisa generosa.

Por uma questão de algo que se pode chamar de economia, ou algo parecido, o Patinhas usa apenas dois dos desejos a que tinha direito. O terceiro fica “guardado”, até hoje, para um caso de real necessidade. O interessante é que, além do tema dos desejos, papai retoma aqui a questão das histórias repetidas à exaustão pelos mais velhos de qualquer família, aquelas que os netos já se cansaram de ouvir, Natal após Natal.

tp-sonho

E como o Natal é uma época mágica, propícia à visita por seres sobrenaturais, o quaquilionário receberá um pedido de ajuda que não poderá recusar para ajudar uma rainha e seus duendes a retomar seu castelo de gelo das garras de um malvado Ogro a tempo para as festividades de Natal.

tp-sonho1

Papai não gostava de deixar “pontas soltas” em suas tramas. Ele certamente ficou com esse “terceiro desejo” bem guardado em sua mente por anos, apenas esperando o momento apropriado para escrever mais uma história sobre o tema. Desse modo, durante o embate com o monstro o Patinhas será obrigado a usar o terceiro e último desejo e depois ser generoso, como prometera ao velho esquimó, terminando, assim, a história.

O “sonho” no nome da história tem a ver com o insólito da situação, na qual os patos são transportados por mágica ao castelo da Rainha e de volta. A coisa toda é tão repentina que os sobrinhos do Donald pensarão, depois de tudo terminado, que foi tudo apenas um sonho. Mas é claro que papai nunca terminaria uma história dessa maneira simplista, e logo brindará os patinhos (e o leitor) com uma pequena surpresa final.

Feliz Natal para todos!

(Mas a maratona continua na semana que vem)

(PS: A propósito, só para constar: NÃO dê chocolate quente, ou qualquer outra coisa contendo chocolate, para o seu bichinho de estimação. Nunca. Isso é o mesmo que veneno, para eles)

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura 

A História dos Quadrinhos no Brasil, e-book de autoria de papai, pode ser encontrado na Amazon

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s