O Crime Da Cabra

Esta história do Zé Carioca, publicada pela primeira vez em 1976, é inspirada na peça de teatro do mesmo nome, escrita em 1965 por Renata Pallottini.

Conta-se que durante o período da ditadura a peça chegou a ser censurada. A obra conta a história de uma cabra que comeu o dinheiro no exato momento em que um comprador discutia o preço do animal com o comerciante. A peça então se desenvolve numa discussão em torno de quem seria o proprietário da cabra: quem ia comprar, ou quem ia vender? A tese defendida por Renata Pallottini era que o animal deveria pertencer à pessoa de maior necessidade.

Censurada ou não, eu me lembro que papai levou a família para assistirmos a peça no teatro do SESC de Campinas, no final de 1975 ou início de 1976. Íamos muito lá, aliás. Ele gostou muito do que viu, e resolveu adaptá-la para os quadrinhos.

É claro que a versão dele é um pouco diferente. Da peça original, o único elemento que fica é a cabra que come dinheiro, aqui representada pela Gabriela, a cabra do Zé Queijinho, o primo mineiro do Zé Carioca.

O mineiro vai então ao Rio para chamar o carioca, e acaba convencendo o primo a voltar com ele para Minas e tentar conversar com o delegado, que prendeu a Gabriela e quer “de volta” 5 mil cruzeiros que ele *diz* que a cabra comeu, juntamente com um colchão velho.

Pela placa no ônibus que  dupla toma para chegar lá, aprendemos que a “Vila Fim do Mundo”, onde mora o Zé Queijinho, fica ainda mais longe do que onde o Judas perdeu as botas…

onibus

Outra coisa interessante é a cara do tal delegado, que me lembra algo saído das primeiras histórias do Mickey, aquelas que ainda eram desenhadas pela equipe do velho Walt. Alguém com uma memória um pouco melhor que a minha pode me ajudar com essa cara? Não sei se estava no rascunho original de papai, ou se foi inserção do Renato Canini…

Ze Finorio

De fato, o Zé dá uma de “advogado de cabra”, e usa a inexistência de leis que tratem de crimes cometidos por cabras no Código Penal Brasileiro para exigir a soltura do animal.

Anúncios

2 opiniões sobre “O Crime Da Cabra

  1. Aqui eu posso acrescentar algo: o policial foi mesmo mesmo copiado de uma tirinha do Floyd Gottfredson, do qual o Canini é fã! O Walt nunca desenhou as tirinhas, mas escreveu as primeiras, ainda quando desenhadas pelo Ub Iwerks. 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s