Azares Da Bruxaria

História da Maga Patalójika, de 1972.

Esta é uma das primeiras (a segunda, me parece) história que papai escreveu para a Maga. Dá para ver que o estilo ainda está um pouquinho “cru”, sem parte da desenvoltura que seria característica dos anos seguintes. Em alguns momentos ele “explica” um pouco demais ao leitor em palavras coisas que em outros tempos ele demonstraria de maneiras mais sutis. Mas está valendo.

Maga azares

Pois é, todos os lugares onde as pessoas escolhem morar têm seu lado bom e seu lado ruim: uma cabine na beira de um lago nas montanhas, por exemplo, pode ser agradabilíssima no verão, mas talvez tenha um pouco de vento e umidade demais no inverno. Do mesmo modo, ter uma casa na encosta de um vulcão ativo pode ser uma maneira de evitar visitantes indesejados, mas deixa o morador sujeito a tremores de terra, pedras voadoras, fluxos de lava e desabamentos.

Maga azares1

Acontece que a única cura para a “praga de cem mil anos” é um bom amuleto. E uma das pessoas que sabidamente têm um amuleto desse tipo é o Tio Patinhas. Vai daí… Toda a sequência da Maga tentando entrar na Caixa Forte, em duas páginas, é francamente hilária e mais do que compensa pelo início meio travado da história.

As referências também são interessantes: a moeda de gesso da primeira página é algo que Carl Barks usava, se não me engano. Já a poção de maléfica que ela está preparando leva veneno de Urutu, uma das cobras mais venenosas da fauna brasileira. Azar, mesmo, de verdade, é topar com uma dessas por aí.

****************

Já leste o meu livro? Quem ainda não leu está convidado a conhecer minha biografia de papai, à sua espera nas melhores livrarias: Marsupial – Comix – Cultura – Monkix 

***************

Tenho o prazer de anunciar um novo livro, que não é sobre quadrinhos, mas sim uma breve história do Rock and Roll. Chama-se “A História do Mundo Segundo o Rock and Roll”, e está à venda nos sites do Clube de Autores agBook

Anúncios

Uma opinião sobre “Azares Da Bruxaria

  1. “Azares da Bruxaria” é uma das quatro histórias criadas pelo velho Said que foram republicadas no especial “Maga & Min”, lançado agora em novembro. As outras são “A Eleição de Miss Bruxa”, “A (Não Muito) Bela Adormecida” (que você ainda não comentou) e “A Má Magali”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s